sexta-feira, 28 de março de 2014

Bíblia diz que morcego é ave

Argumento:  “A bíblia classifica morcegos como aves – Levítico 11: 19”

O versículo em questão faz parte de uma lista de “aves” impuras (impróprias para a alimentação dos hebreus) na qual o morcego se encontra. Obviamente hoje em dia ninguém considera morcegos como aves, e sim como mamíferos. Apesar de a palavra "aves" aparecer na maior parte das traduções bíblicas, na época em que o livro de Levítico foi escrito, essas criaturas não eram classificadas literalmente como "aves", mas como "voadores". A palavra hebraica "עוֹף", traduzida em nossas bíblias como "ave", significa literalmente "voador". A palavra "aves" tem origem indo-européia e provavelmente nem existia nessa época. Portanto aquela lista de "aves" proibidas para o consumo, na verdade era uma lista de "voadores", e como sabemos, o morcego é um voador. Assim fica fácil compreender porque o morcego foi parar nessa lista.




O homem sempre tentou classificar os animais. Antes de chegarmos à classificação taxonômica moderna que você aprendeu na escola, existiram várias classificações diferentes das espécies (ou pelo menos tentativas de classificação). Cada sistema de classificação utilizava seus próprios critérios para classificar.


Aristóteles 


Há pelo menos 3 séculos antes de Cristo, Aristóteles criou uma classificação que separava os animais em duas classes distintas: “animais sem sangue vermelho” e “animais com sangue vermelho”. Depois de Aristóteles, outras classificações surgiriam, tais como, por exemplo, a classificação criada pelo naturalista John Ray (considerado o pai da história natural inglesa), e a classificação criada pelo naturalista sueco Carl Von Linné (1707-1778), mais conhecido como Lineu. 


Carl Von Linné


A classificação moderna, que conhecemos hoje, foi baseada nesse sistema criado por Lineu. Portanto Lineu é o pai da taxonomia moderna.

Lembrando que  “taxonomia” é a ciência que classifica atualmente os seres vivos.

Portanto é tudo uma questão de nomenclatura. 
Obviamente a bíblia utilizou a classificação das espécies da época em que foi escrita. Uma classificação bem simples, onde os animais eram classificados como terrestres, aquáticos e voadores. 
Não podemos dizer que essa ou as outras classificações que existiram antes da classificação atual estejam erradas. Elas apenas utilizavam outros critérios para separar as espécies.



Tenha sempre essas duas coisas em mente:

1- A bíblia não é nenhum compêndio de ciências, e por isso, não precisa ficar se atualizando todas as vezes que a ciência convencional resolve mudar o nome ou a classificação de alguma coisa. 
2- A bíblia não foi escrita só para que nós, cidadãos modernos e conhecedores da nova classificação taxonômica entendêssemos. Ela também foi escrita para que as gerações anteriores, que utilizavam outra classificação, entendessem. 

14 comentários:

  1. Ok. Mas se é assim, por que as bíblias atuais não alteram as traduções para "voador"? Não seria muito mais correto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque ela não é um livro para preguiçosos, para agradar cientistas ou críticos literários.

      Eliminar
    2. Porque a Bíblia é um livro feito para confundir e não esclarecer ... abrindo brechas para inúmeras interpretações e tornando possível todo tipo de fraudes e manipulações

      Eliminar
  2. A Bíblia é um livro para o público leigo, logo seria sensato melhorarem a tradução.

    ResponderEliminar
  3. Ok, o seria correto entao "voadoras", entre as voadoras mencionadas na biblia a avestruz encontra s no meio, i td mundo sabe q avestruz nao voa. leiasm apartir d 11:13

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desista amigo. Com certeza há uma explicação para isso também e, caso contrário, inventam.

      Eliminar
    2. quem mais inventa são os religiosos principalmente com fins financeiros.

      Eliminar
  4. Interessante que a palavra usada para voador, segundo o blog, na verdade significa frango.

    ResponderEliminar
  5. Interessante que a palavra usada para voador, segundo o blog, na verdade significa frango.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. KKKKK! Deixa ver se adivinho: "Google Tradutor", não é? Sugiro que pesquise em um bom léxico.

      Eliminar
  6. e levarmos em conta que a bíblia é a infalível palavra de deus e que ela é toda inspirada, o escriba que classificou o morcego como ave devia estar chapado na ocasião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não creio que os escribas fossem cometer um erro crasso desses. Isso é serviço dos tradutores.

      Eliminar
  7. Por causa de UMA palavra a comunidade (neo)ateísta já julga toda a bíblia como falsa. Mas sobre a dissonante discordância sobre seus próprios argumentos sobre a idade da terra variando entre 4,6 e 13,7 bilhões de anos, aí tá tudo bem.
    Me admira darem tanto respaldo pra qualquer coisa que um cientista fala, mesmo que se contradiga. Enquanto esses mesmos cientistas querem entender o cosmos, ao mesmo tempo eles não sabem sequer dizer se o ovo faz bem ou mal.
    Daí complica. Né?!?!

    ResponderEliminar