segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Ateus militantes usam tragédias para fazer pregação ateísta

O ateu militante é aquele tipo de ateu que não consegue guardar seus conceitos para si mesmo e por isso vive numa cruzada furiosa e intensa contra a religião. É aquele indivíduo que sente necessidade de fazer com que as outras pessoas deixem de crer em Deus. Sua principal ferramenta de proselitismo é o escárnio, o deboche. Acontece que às vezes esse deboche surge na hora errada.

Recentemente a Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA) fez  chacota com a queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense, onde morreram mais de 70 pessoas (link). A "piada"foi criticada até mesmo por outros ateus. O post mostra jogadores orando ajoelhados, e logo abaixo a foto do avião destruído, acompanhada de um texto que diz: "Pode confiar amiguinho, Deus é fiel".

Post publicado pela ATEA

Após receber uma enxurrada de críticas, a página da ATEA no Facebook se pronunciou. No entanto, o que deveria ser um pedido de desculpas acabou se tornando mais um ataque contra a religião. Ao invés de pedir desculpas pela piada de mau gosto e desrespeito com os familiares das vítimas, o site acusou a religião de se aproveitar de momentos dolorosos como esse para impedir o pensamento racional.

"Pedido de desculpas" da ATEA

Infelizmente essa não foi a primeira vez que ateus militantes se envolvem em polêmicas do tipo. Vamos relembrar outros casos onde ateus militantes fizeram chacota com a morte de pessoas e usaram isso para atacar a fé em Deus:

ATEA usa foto de mortos em boate para afirmar que Deus não existe (link).


Esse também foi um caso que deu o que falar em 2013. O incêndio que ocorreu na Boate Kiss, em Santa Maria, matou 242 pessoas. Na ocasião a ATEA publicou a foto das vítimas carbonizadas. O título dizia: "Deus cadê você, cara?"

Censurei a imagem dos mortos como forma de respeito pelas vítimas


Além do desrespeito com as vítimas e seus familiares, a ATEA cometeu crime de vilipêndio a cadáver ao publicar as imagens dos corpos dessa forma (Decreto de Lei nº 2.848, artigo 212).

Ateus zombam de menino cristão morto por muçulmanos


No ano de 2015 a imprensa noticiou  a morte de  um garoto de 12 anos,  crucificado por radicais islâmicos na cidade de Aleppo, na Síria (link). Antes de ser crucificado o jovem teve as pontas de seus dedos cortadas. Seu "crime"? Ser cristão. Enquanto pessoas normais se indignavam com essa notícia, um grupo de ateus da ATEA fazia chacotas com a morte do garoto:



Ateus debocham de acidente com romeiros


Um acidente envolvendo um ônibus que levava romeiros de Campo Grande à cidade de Aparecida (SP) deixou 22 pessoas feridas. Somente pessoas doentias poderiam achar graça numa notícia dessas. E adivinha quem fez piadinhas com isso:



Jornal satírico Charlie Hebdo faz piada com morte de criança


No ano passado a imprensa noticiou a morte de um garotinho de 3 anos chamado Aylan Kurdi, que morreu afogado enquanto sua família tentava chegar à ilha grega de Kos.

Um policial turco carrega o corpo de Aylan Kurdi
Era o fim trágico da tentativa desesperada de um grupo de sírios em fugir da guerra que assola seu país. Kurdi também perdeu sua mãe e seu irmão no naufrágio. Notícia triste, mas não para os ateus militantes responsáveis pelo jornal satírico Charlie Hebdo. Esses canalhas resolveram fazer piadinhas com a morte do menino.

Em uma das charges Jesus aparece andando sobre as águas, enquanto Kurdi se afoga. O texto diz: "A prova de que a Europa é cristã - cristãos caminham sobre as águas... Crianças muçulmanas afundam".


Jovem atingido por um crucifixo gigante



Publicação da ATEA zomba da morte de um jovem. A legenda diz: "Ops! Foi mal! Mas faz parte de um grande plano! Confie!


Como se vê, os ateus militantes adoram fazer chacotas com tragédias, e ainda por cima usam essas tragédias para fazer suas pregações ateístas, numa total demonstração de desrespeito com as vítimas.

Para eles essas tragédias são "provas" cabais da não existência de Deus. Mas será mesmo?
Em primeiro lugar a bíblia JAMAIS prometeu que a vida nesse mundo seria um "mar de rosas"! Vivemos num mundo dominado pelo maligno (1João 5:19) e governado por Satanás (João 16:11). Um mundo totalmente desvirtuado. Nem aqueles que servem a Deus estão livres de problemas. A própria bíblia nos ensina que  ímpios e crentes estão sujeitos às mesmas intempéries nesse mundo (Eclesiastes 9:2). E também que passarão por aflições (João 16:33). Portanto não justifica esse proselitismo ateísta que visa usar tragédias como "prova" da não existência de Deus.

Vou fazer atualizações constantemente nesse artigo.

Atualização: 21/12/2016
Ateus fazendo piada com a morte do embaixador russo Andrei Karlov, morto por um radical islâmico (link):

Montagem 

Foto original


1 comentário:

  1. Vocês que possuem redes sociais levem essa amostra para as pessoas verem do que são feitos esses fascínoras neo ateístas.
    Cadê aquele bos*# do Thiago Freitas? Agora eu quero ver as desculpas dele. Quero ver quem é preconceituoso agora.

    ResponderEliminar