terça-feira, 3 de junho de 2014

Bill Gates é mesmo ateu?

Sempre quando os neo ateus querem mostrar que também são caridosos, e que não precisam acreditar em Deus para serem bons, uma das primeiras pessoas que eles citam é o magnata Bill Gates. Bill Gates ficou conhecido por ter fundado a empresa Microsoft, a maior empresa de software do mundo. Também é conhecido por causa de sua imensa fortuna. Veja como os neo ateus fazem propaganda do ateísmo usando a imagem desse empresário:


A estratégia é sempre a mesma: comparar Bill Gates, o "ateu" caridoso, com religiosos que mais pedem do que dão. 

Mas há um detalhe que não podemos deixar passar despercebido:

  Bill Gates nunca declarou ser ateu! 

Baseando-se em sua postura conceitual sobre a fé, poderíamos até arriscar dizer que ele é um agnóstico, mas não ateu. 

No entanto, em uma entrevista recente à revista Rolling Stone (março - 2014) (link), Bill Gates fez declarações no mínimo surpreendentes! Um verdadeiro "tapa na cara de pau" desses ateus militantes que o utilizam constantemente como "garoto propaganda do ateísmo". Ele declarou que os padrões morais religiosos são super importantes, e ele cria seus filhos de forma religiosa, e até frequênta uma igreja (católica) junto com sua esposa e filhos. Ele define sua crença como uma crença religiosa, no mínimo, uma crença moral, e é justamente essa crença que o leva a tentar diminuir a desigualdade no mundo, através de seus trabalhos filantrópicos. Gates realmente é referência quando o assunto é caridade. Ele doou aproximadamente US$ 22,9 bilhões entre 1994 e 2010, e ainda convenceu outros bilionários a fazerem doações para obras de caridade.  

Quando o entrevistador perguntou se ele acredita em Deus, ele respondeu que até concorda com a opinião de pessoas como Richard Dawkins (um biólogo britânico conhecido por sua militância ateísta), de que no passado a humanidade sentiu necessidade de criar mitos para tentar explicar a criação. Disse também que a ciência preencheu muitas dessas lacunas das quais a religião era usada para preencher, mas nem todas. Segundo Bill Gates, a ciência não tem nenhuma explicação [empírica] de como o mundo, com todos os seus mistérios e belezas surgiu. Dizer que o mundo foi gerado por números aleatórios é uma explicação nada caridosa. E para terminar ele disse que SIM! FAZ SENTIDO CRER EM DEUS. 

Que  Bill Gates é agnóstico, isso não é nenhuma novidade. Já cansei de mostrar isso para neo ateus em vários sites por ai. A novidade está no fato de que ele valoriza os padrões morais cristãos, e isso o inspira a ser caridoso. Isso em si já desmantela a propaganda ateísta que utiliza sua imagem alegando que a caridade praticada por ele nada tem a ver com a moral cristã. 

Estaria Bill Gates se convertendo ao cristianismo ou seria ele apenas um agnóstico que frequenta a igreja?  Não dá para afirmar nada sobre isso. A única coisa que posso afirmar com toda a certeza é que ele não é ateu! Muito menos um ateu militante. 





14 comentários:

  1. A ideia é antes que não é preciso crer num deus seja de que religião for para ser caridoso. Isso mantém-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se vc nao tiver uma base por onde começar , vc nunca vai saber ao certo qual caminho seguir ! Por esta razao Bill Gates declara que a religiao (de preferencia cristã) é muito importante para boa formação de uma sociedade . Esse post esta errado sobre Angelina Jolie, antes quando ela ERA ateu a vida dela era drogas, relações de "aberrações" sexuais ,etc .. apos ela ter ser convertido ao budismo (que nao deixa de ser uma crença ligado ao buda) ela mudou seu compartamento, e inicio com as caridades (que nada mais é que politica , de acordo com algumas denúncias)

      Eliminar
  2. *Não adianta, esses ateuzinhos toddynhos ainda vão achar que o Bill Gates é ateu*

    ResponderEliminar
  3. no mundo existem pessoas boas e pessoas ruins , pessoas ruins como esse pástor no fundo é um ateu pois sabe que nada vindo do alem acontecera com ele,ja aqui na terra pode dar uma cadeia

    ResponderEliminar
  4. O argumento de que Bill Gates é agnóstico e não ateu é risível. O motivo: na prática, todo agnóstico é ateu, pois ele pode até supor que pode ser que alguma força criadora tenha feito o universo, mas de forma alguma ele acredita no deus (ridículo) da bíblia, mas acreditar numa força criadora, num criador qualquer, não significa escolher algum deus qualquer, por que se o agnóstico já tivesse escolhido um deus em particular, dentre tantos que existem, por definição, ele não seria agnóstico. Logo, na prática, o agnóstico é ateu em relação ao deus de vocês. Então imaginem que 99,99% do mundo seja agnóstico e "não ateu". Pergunto-lhe, dono do blogspot, quantas pessoas você contabilizaria como sendo pessoas que creem NO SEU DEUS PARTICULAR? PS. Devo registrar uma falácia grosseira do dono do blog, que consiste na afirmação "A novidade está no fato de que ele valoriza os padrões morais cristãos". Padrão moral cristã significa o que? O modo correto de uma pessoa agir e valores para cultivar? Bem, a bíblia é pródiga em mal exemplos de injustiça, privilégios, etc. Nos EUA, o padrão moral e cristão ensinava que a bíblia nunca proibiu a escravidão (FATO) e, por este motivo, no século retrasado, muitos eram donos de escravos. O próprio deus da bíblia, se existisse, seria o maior exemplo de que o padrão moral imposto pela bíblia é ruim, pois ele seria o primeiro a praticar uma injustiça enorme com bilhões de pessoas, atribuindo no nascimento, uma culpa de uma infração grave, o chamado "pecado original", ou seja, todos os inocentes que nascem, já tem um crime praticado antes de ter nascido. O direito penal em todo lugar do mundo, jamais seguiu esse "padrão", pois todos sabem que a culpa deve ser individualizada e a pena jamais passar da pessoa do criminoso para outem. Portanto, padrão moral e cristão é qualquer coisa. Uma pessoa inteligente e pensante sabe que o que determina o padrão moral de uma pessoa é a sua maior ou menos capacidade de empatia. E só.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se agnosticismo e ateísmo fossem a mesma coisa, não haveria a necessidade de palavras diferentes para distingui-los. A diferença é que o ateu está convencido de que não existe deus algum. O agnóstico, por sua vez, acha que esse conhecimento está além de nosso alcance, e, portanto não se arrisca a fazer afirmações a respeito. O presente artigo não afirma em momento algum que Bill Gates crê no Deus bíblico. Ou você leu e entendeu errado, ou não leu o texto todo. Não existe esse negócio de "ser ateu em relação a um Deus em específico"... Isso é bobagem de ateu de internet que mal sabe o significado da palavra “ateu”. Ateu é aquele indivíduo que não acredita em Deus algum. Quem acredita em um Deus é monoteísta, quem acredita em mais de um deus é politeísta, e quem não acredita em DEUS NENHUM é ateu. Quem declarou que os “padrões morais cristãos são importantes” não fui eu, meu caro! Mas o próprio Bill Gates, em entrevista a uma revista... deixei o link no próprio artigo (clique e leia). Não vou ficar aqui explicando o que são "padrões morais"... sou blogueiro, não professor particular!Seu entendimento sobre o pecado original é bem equivocado, mas não vou entrar nessa questão aqui, pois pretendo escrever sobre isso futuramente. Abraços!

      Eliminar
    2. Sou obrigado a te forçar a ler até compreender o que está escrito. No meu texto não está escrito que ateu e agnóstico são a mesma coisa, e sim que "O argumento de que Bill Gates é agnóstico e não ateu é risível. O motivo: na prática, todo agnóstico é ateu" em relação ao deus da bíblia. É isso que foi dito. Ele declarou (você afirma) e expliquei o que isso significa. Algo diferente do que você quis deixar subentendido. Você, por exemplo, deveria supor que talvez seja possível que exista Alah ou Shiva. Você pensa erradamente que quando um agnóstico imagina que possa haver algum criador, este agnóstico deve estar falando do deus em que você crê. Eis o seu engano. Existem tantos deuses e você não crê nos deuses dos outros. Isso é um fato e não adianta contestar. Eu sou ateu de qualquer deus e você é ateu de x-1 deuses. O meu entendimento sobre o pecado original é apenas quele que afirma que todos nascem pecadores e tem que adorar a Jesus para ser salvo. Salvo de que? Prove que, resumidamente, não é essa a questão. Não venha com generalidades para se esconder da questão de fato.

      Eliminar
  5. O importante é seguir Jesus e é isso o que ele esta fazendo, Cristo mandou fazer caridade e ele esta fazendo. Isso é o importante.

    ResponderEliminar
  6. Carlos Araçatuba, não é devido ao pecado original que você deve ser salvo, é devido o engano que esse pecado levou,já ouviu a história do telefone sem fio? Que começa de um jeito e termina do outro? No início o homem conhecia Deus mas devido o pecado ele se distanciou de Deus e se perdeu, e assim foi ficando cada vez mais longe de Deus, e longe de Deus o homem passou a se iludir, criando ilusões a sua volta, que nada mais é do que mentira, pois ilusões não é a realidade, hoje para o homem voltar para Deus ele tem que largar esse mundo de ilusão e a única forma de fazer isto é seguindo os mandamentos de Cristo, o mundo pensa que precisa do poder e do dinheiro para uma pessoa ser feliz, Cristo ensina que o homem precisa de amor, a verdade esta com Cristo, porque um homem pode ser um infeliz mesmo sendo um milionário se ele não for amado pela pessoa que é. Sem amor ninguém vive.

    ResponderEliminar
  7. Esse Bill Gates é um baita Illuminati.
    Essas doações pra "instituições de caridade", são na verdade, programas de "planejamento familiar".
    Mas esse é só um nome bonitinho pra eugenia.
    Mas é claro que o sr.Gates não vai falar abertamente sobre esses assuntos, então surge sempre os acessores e seus discursos pré moldados e infelizmente a roda da vida segue ao seu iminenete caos.

    ResponderEliminar
  8. Se ele foi criado em casa judia, como pode crer em valores cristãos? Tem coisa muito errada aí.

    ResponderEliminar
  9. E daí?! Acaso não fora morto o Messias perante os seus?
    Lembra que ainda estamos no tempo dos gentios, ora os filhos de Abraão não reconheceram o Enviado, pois assim é a vontade do Pai.
    Mas assim como eles, nós também veremos, e será incrível.
    E lembrai que o adversário tem linguagem suave, ele se alimenta da vaidade, lentamente enaltece, e quando percebebe já é tarde. Você poderá ter tudo, mas perdeu sua alma.
    5 E, elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo.
    6 Disse-lhe o diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser.
    "Portanto, se prostrado me adorares, toda será tua.
    Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto."

    Carta de Lucas à Teófilo

    Não se engane, se Deus permitiu que ele tentasse o Messias, imagina quando ele consegue tentar um mortal qualquer.
    Deus te Abençoe!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sabe eu não entendo qual é a do Thiago eu duvido muito que ele não tenha realmente lido esse texto por que outro dia ele disse que bil gates era ateu.
      serio esse cara simplesmente ignora os argumentos que nós jogamos na cara dele.
      espero que esse blog continue crescendo do jeito que tá.
      um vídeo que eu adoraria que ele falasse aqui foi aquele que ele publicou no face do ateu 100%toddynho eu não sei se você já viu amigo mas eu recomendo que veja é muito engraçado.pessoas como aquele moleque do vídeo e o Thiago são vergonha pros ateus,eu respeito os ateus mas confesso que sinto um pouco de raiva de neo ateus toddynhos como o Thiago cujos argumentos nós esfregamos na cara deles e mesmo assim eles se recusam a pelo menos levar eles em conta na hora de fazer outra pregação ateísta.

      Eliminar